sexta-feira, 26 de dezembro de 2008

Época Natalicia

Não gosto do Natal!!

Já gostei em tempos, quando era realmente um Natal, onde toda a família se juntava numa só casa, onde nos sentavamos todos á mesma mesa, quer dizer, nós os meis pequeninos muitas vezes comiamos sentados no chão ou memso numa mesinha improvisada aparte, eramos tantos que os lugares na "mesa dos grandes" não davam para todos. Nós os benjamins da familia que andavamos sempre á porrada uns com os outros, nem mesmo no natal isso mudava era um facto, mas na altura de abrirmos os presentes pareciamos uns anjinhos... "recebeste um jogo tão giro, vamos jogar todos" . [que saudades desses tempos] Tempos em que o meu avô materno e a minha avó paterna ainda estavam conosco. Hoje em dia o natal não tem a mesma cor, a mesma alegria, não há familia reunida, não ha primos a guerriar e a partilhar presentes, sobram lugares na mesa... O Natal perdeu o sentido de Natal... para mim acabou ah cerca de cinco anos... os meus primos cada um passa na sua casa, alguns dos meus avôs faleceram, outros dos meus tios estão noutro país... na minha casa passaram o Natal os da casa... ás vezes até preferia ser futil e dizer que não tinha gostado do natal porque tinha recebido poucas prendas ou porque fiz uma birra como quando em pequenina porque não tinha tido o que tinha pedido, se bem que nunca fui exigente, alias, nunca fui preocupada com essas coisas era mais aquela coisa de abrir as prensas, a surpresa.
Mas não posso! O Natal perdeu as cores e as luzinhas cintilantes que me encantavam.


Deve ter feito já uma semana que fui assistir a uma festinha de natal das crianças da pre escola e da escola primaria da zona onde estou a estudar actualmente. Adorei, recordei os meus tempos, parecia que era eu ali. Lembrava-me de quase todas as musicas que eles cantaram, ainda me gozaram por isso, mas não liguei. Sentia-me feliz, sorri com gosto, coisa rara. Foi um grande esforço para fazer com que a nostalgia não robolasse pelo rosto.

1 comentário:

Lucas disse...

Por acaso, não ofereço nada a ninguem pelo Natal por ele ter perdido o significado q tinha pra mim .. ainda me lembro dos tempos em q havia sempre alguma voz no ar nos grandes jantares, dos sorrisos e das horas q passava a seguir a olhar para aqeles presentes todos enquanto os adultos ficavam na cozinha a falar de politica e afins .. Agora somos nós os "adultos" e sei la, parece q ja ninguem se importa .. do genero, se passares a maioria da noite em casa nao tem mal pq ja nao és mais aqela criança q foste em tempos e q ja nao precisa de tanta atençao (sim, por acaso neste ultimo natal estive cerca de 5 horas sozinho em casa, abri os presentes cerca das 4 da manha)

enfim .. grande desabafo :X mas por acaso se tivesse nessa mesma festa de natal onde tu foste devia cantar um bocadinhe de nada, baixinho, contigo :P